Sábado, 22 de Janeiro de 2011
Resignação

 

Arisco risco

No chão de névoa

A distância dos passos

Que nunca me trazem de volta…

 

Revolta é quanto me resta

Que por esta fresta

De luz e medo

Em segredo me resigno

A ser ainda

Eu!

 

 

Em 14.jan.2011, pelas 16h45


Palavras chave: , , ,

publicado por Paulo César às 15:27
link do post | comentar | Adicionar às escolhas

Quinta-feira, 12 de Agosto de 2010
Do sonho e do medo

 

Escondo o medo no bolso da camisa

Junto ao coração

E ao deitar-me

Deixo-o pendurado no espaldar da cadeira

Para poder vigiá-lo de perto!

 

Mas adormeço refém do cansaço

E o medo vem sem aviso

E invade o meu sono solto

No tropel de um pesadelo medonho

Que me acorda para a noite…

 

De olhos semi-abertos, estremunhado

Olho o céu estrelado de que me esquecera

E com os olhos marejados

Sento-me à janela, unido ao silêncio da noite,

A velar a imensidão do luzeiro…

 

E a mim mesmo agradeço pelo medo que guardei

No bolso da camisa

Pendurada no espaldar da cadeira

No meu quarto de dormir

E sonhar!

 

Nem sempre os pesadelos trazem o pavor

De fantasmas ou tragédias fantasiosas

Que o subconsciente projecta

No ecrã vulnerável do nosso ego racional…

 

Por vezes escancara todas as portas e janelas

Para a real beleza ofuscada

Pela subtil e ténue antepara

Que nos aparta e nos separa

Da vida integral que se derrama das estrelas.

 

Hoje corro, ando, converso, ralho,

Decido, choro, rio, adormeço,

Sonho e desperto

Com o olhar posto nas estrelas

Trazendo pela mão direita o medo

E pela mão esquerda o sonho.

 

A um peço conselhos

Ao outro atiro pedras

E de ambos recebo sem pedir

Palavras de incentivo e coragem:

E vou em frente

Seguindo o sonho

Apesar do medo!

 

 

by Paulo César, em 13.Mar.2010, pelas 22h45


Palavras chave: , , , , ,

publicado por Paulo César às 21:21
link do post | comentar | Adicionar às escolhas

Fevereiro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


Sobre mim
Pesquisar neste blog
 
Posts recentes

Resignação

Do sonho e do medo

Arquivos
Palavras chave

25 abril(3)

alegria(5)

amizade(4)

amor(32)

Análise(3)

angustia(3)

asas(5)

busca(14)

desejo(5)

dor(4)

esperança(9)

eu(5)

futuro(6)

gratidão(10)

grito(5)

homem(4)

interrogação(4)

introspecção(8)

liberdade(11)

luta(3)

luz(4)

memória(7)

morte(5)

murmúrio(6)

natal(3)

natureza(4)

olhar(3)

paixão(7)

palavras(10)

passado(3)

paz(4)

poema(5)

poemas(35)

poesia(148)

saudade(17)

sentimentos(3)

silêncio(10)

sonho(21)

terra(4)

vida(5)

todas as tags

Ligações
Participar

Participe neste blog

blogs SAPO
subscrever feeds