Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

No Chão d'Água...

Ah, quem escreverá a história do que poderia ter sido? (Álvaro de Campos)

No Chão d'Água...

Ah, quem escreverá a história do que poderia ter sido? (Álvaro de Campos)

19.11.09

Oração (em voz alta)


Páro!

E quando já nada me apetece pensar

volto-me para o sol envergonhado,

no esconde-escode das núvens negras

e penso ainda...

 

E retomo a caminhada

na lenta passada dos dias

adivinhando a saudade

enquanto a chuva diluviana

sacode o silêncio poeirento

do Outono cinzento.

 

E olhando em redor

levanto as mãos em prece

e agradeço

uma vez ainda repetida e teimosamente

a luz e a treva

o sorriso e as lágrimas

o ser racional

e o ente espiritual

que me dá asas para ser livre

mesmo quando as palavras

me envolvem no silício

das regras sem fundamento.

 

E quando rezo

voo

e é nas asas da lonjura

que a alma me devolve

à terra

para amar sem medida

o que não tem tamanho.

 

by Paulo César, em 19.Nov.2009, pelas 22h00

 

2 comentários

Comentar post