Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

No Chão d'Água...

Ah, quem escreverá a história do que poderia ter sido? (Álvaro de Campos)

No Chão d'Água...

Ah, quem escreverá a história do que poderia ter sido? (Álvaro de Campos)

21.03.09

Rumor do silêncio


 

 

Banho-me no silêncio do teu olhar

Entre a distância do desejo

E a sofreguidão da pele latejante

Antevendo o momento

E sentindo a angústia

Do tempo que se escoa lento.

 

Do arquivo da memória

Surgem imagens peregrinas

Que desfilam em catadupa

Até se tornarem vivas

No peito que as sente

E no olhar que as vislumbra.

 

Só de ti nada sei!

Nem o onde, o como, ou o porquê...

E o que me resta obriga-me

À espera

Mirrando, calado, da saudade

Que já não sei esconder.

 

by Paulo César, em 17.Mar.2009, pelas 20h00

1 comentário

Comentar post