Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

No Chão d'Água...

Ah, quem escreverá a história do que poderia ter sido? (Álvaro de Campos)

No Chão d'Água...

Ah, quem escreverá a história do que poderia ter sido? (Álvaro de Campos)

05.02.09

Grito ou quase


 

Estridente e sonora

É a força do grito

Que aflito

Lanço e lancinante

Cruza o estertor

Da minha voz calada.

 

E o momento, instante,

Jorra e do nada

Sobrevem a dor

Que me apavora...

 

Finco-me na ausência,

Abstenho-me da essência!

 

E morro por dentro

Dum grito

Que não foi.

 

by Paulo César, em 02.Fev.09, pelas 20h30

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.