Domingo, 5 de Dezembro de 2010
Quando te encontrarei em mim? (Alma...)

Tela de "Frank Lloyd Wright's" (imagem obtida na net)

 

Pesquisei onde suspeitei que estarias

E até nos lugares onde nunca foste,

Como se encontrar-te fosse uma promessa!

 

Nos filamentos do meu orgulho

E nas saliências do meu abandono

Inscrevi o teu nome a ferro e fogo…

 

Perguntei por ti a quem passava,

Afixei anúncios em letra desenhada,

Gritei nas ruas, sob cada arcada…

 

Inquiri o vento pelas madrugadas,

Com voz furiosa castiguei o silêncio

E até às nuvens mandei recado!

 

Ansiei que chegasses ao nascer d’alva

E, inquieto, fiquei de atalaia,

Mas adormeci na espera e de cansaço.

 

Desenhei nas sombras húmidas as tuas

Faces de filigrana e maquilhei de sonhos

A realidade de cada um dos dias pardos…

 

Sobre a cama, com lençóis de linho,

Estendi meu corpo desamparado e frio

A segredar uma dormência que te chamava…

 

Na impertinência do desassossego fiz preces,

De joelhos no chão confrontei o meu deus,

A pedir explicações para a tua demora…

 

E pelas avenidas largas, onde a chusma se rebela,

Mirei cada face a procurar o teu rosto de tela,

A descobrir os trejeitos dos teus passos miragem!

 

Onde foste que não encontro, na imanência

Dos lugares que foram tão intensamente nossos,

A aura com que te pintei na minha memória?

 

Sorvo cada pingo de céu para sentir-te aqui,

Mas se te evadiste de ti própria, anjo ou demónio,

Quando te encontrarei em mim,

 

Saudade que sobra

A castigar-me o desencanto?

 

by PC, em 23.Nov.2010


Palavras chave: , , ,

publicado por Paulo César às 01:09
link do post | comentar | Adicionar às escolhas
|

Janeiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Sobre mim
Pesquisar neste blog
 
Posts recentes

O NATAL POSSÍVEL

N A D A

A melhor maneira de amar,...

Amor platónico

Do alto da minha janela

Só por amor

As minhas asas

Alter ego

Talvez...

Auto-dissecação

Arquivos
Palavras chave

25 abril(3)

alegria(5)

amizade(4)

amor(32)

Análise(3)

angustia(3)

asas(5)

busca(14)

desejo(5)

dor(4)

esperança(9)

eu(5)

futuro(6)

gratidão(10)

grito(5)

homem(4)

interrogação(4)

introspecção(8)

liberdade(11)

luta(3)

luz(4)

memória(7)

morte(5)

murmúrio(6)

natal(3)

natureza(4)

olhar(3)

paixão(7)

palavras(10)

passado(3)

paz(4)

poema(5)

poemas(35)

poesia(148)

saudade(17)

sentimentos(3)

silêncio(10)

sonho(21)

terra(4)

vida(5)

todas as tags

Ligações
Participar

Participe neste blog

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds