Segunda-feira, 22 de Março de 2010
Passos no trilho velho

 

Palavras... Sentimentos... Desejos...

Luz que inunda e dissipa a névoa...

Manhã a despontar... Noite a descer...

E um grão de saudade

a germinar nos olhos vazios

como erva daninha na seara dos sonhos!

 

Ao acaso lanço perguntas no silêncio

a querer que o eco traga as respostas

que nunca encontrei

apesar da penosa busca!

 

Lastro de dúvidas...

Tantas e tão fortes

que me despeço da vida

a pedir perdão

rezando uma novena de credos

que perderam fulgor

com o passar dos anos!

 

Só restam as sombras

dos nossos corpos apaixonados

teimando ainda...

 

E já não há futuro!

Apesar da memória...

 

by Paulo César, em 22.Mar.2010, pelas 23h30


Palavras chave: , , ,

publicado por Paulo César às 23:41
link do post | comentar | Adicionar às escolhas
|

Setembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


Sobre mim
Pesquisar neste blog
 
Posts recentes

A morte verdadeira

O NATAL POSSÍVEL

N A D A

A melhor maneira de amar,...

Amor platónico

Do alto da minha janela

Só por amor

As minhas asas

Alter ego

Talvez...

Arquivos
Palavras chave

25 abril(3)

alegria(5)

amizade(4)

amor(32)

Análise(3)

angustia(3)

asas(5)

busca(14)

desejo(5)

dor(4)

esperança(9)

eu(5)

futuro(6)

gratidão(10)

grito(5)

homem(4)

interrogação(4)

introspecção(8)

liberdade(11)

luta(3)

luz(4)

memória(7)

morte(5)

murmúrio(6)

natal(3)

natureza(4)

olhar(3)

paixão(7)

palavras(10)

passado(3)

paz(4)

poema(5)

poemas(35)

poesia(148)

saudade(17)

sentimentos(3)

silêncio(10)

sonho(21)

terra(4)

vida(5)

todas as tags

Ligações
Participar

Participe neste blog

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds