Segunda-feira, 28 de Setembro de 2009
Amor por outras palavras

 

Quero falar-te de amor

com palavras simples,

escorreitas,

lustrosas e puras,

sem trejeitos,

como se falássemos da chuva

que fustiga as vidraças;

ou do vento que sopra

nos ramos desfraldados

das árvores hirtas;

ou do luar manso e cândido

que inunda as noites frias;

ou das águas continuamente limpidas

dos ribeiros silenciosos,

onde as rãs procriam

e coacham sem regras;

ou das viagens que não fizemos,

porque o sonho morreu em si mesmo;

ou da música que se solta

em todos os recantos nocturnos,

sem que se saiba do maestro

ou dos instrumentistas;

ou das aves que voam,

que gritam,

que cantam

e nidificam nos saborosos

lugares do assombro;

ou das altas montanhas

onde a urze cresce e a rola

se espreguiça dona do espaço agreste;

ou das hortas frescas

onde a água corre em regadeiras

estreitas e a sede se entrega vencida;

ou da algazarra das crianças

em bandos, em turbilhão,

lançando vozes que ferem o presente

na peugada dum porvir

desenhado a lápis de cera;

ou da cadência arrastada dum caminhante

cuja força se perde entre um e outro passo,

porque a velhice lhe tolhe os movimentos.

 

Ou de como é fácil ser louco

quando se busca uma forma nova de dizer

amor

com palavras tão iguais

a si mesmas, que se estranha

o ritmo e a musicalidade

das consoantes e das vogais

na cadeia consequente do poema.

 

by Paulo César, em 28.Set.2009, pelas 17h30

 


sinto-me: leve e feliz
Palavras chave: , , ,

publicado por Paulo César às 18:24
link do post | comentar | Adicionar às escolhas
|

Setembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


Sobre mim
Pesquisar neste blog
 
Posts recentes

A morte verdadeira

O NATAL POSSÍVEL

N A D A

A melhor maneira de amar,...

Amor platónico

Do alto da minha janela

Só por amor

As minhas asas

Alter ego

Talvez...

Arquivos
Palavras chave

25 abril(3)

alegria(5)

amizade(4)

amor(32)

Análise(3)

angustia(3)

asas(5)

busca(14)

desejo(5)

dor(4)

esperança(9)

eu(5)

futuro(6)

gratidão(10)

grito(5)

homem(4)

interrogação(4)

introspecção(8)

liberdade(11)

luta(3)

luz(4)

memória(7)

morte(5)

murmúrio(6)

natal(3)

natureza(4)

olhar(3)

paixão(7)

palavras(10)

passado(3)

paz(4)

poema(5)

poemas(35)

poesia(148)

saudade(17)

sentimentos(3)

silêncio(10)

sonho(21)

terra(4)

vida(5)

todas as tags

Ligações
Participar

Participe neste blog

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds